Psicoterapia: tudo o que você precisa saber sobre o assunto

Psicoterapia: tudo o que você precisa saber sobre o assunto

Boa saúde emocional é importante para ter boa qualidade de vida. Por isso a psicoterapia precisa ser realizada de maneira contínua, sendo fundamental a colaboração do paciente para resultados satisfatórios.

Expressar pensamentos, sentimentos e até mesmo intimidades pode ser difícil, mas com o passar do tempo e a crescente confiança, os resultados começam a surgir.  A ajuda de um médico experiente e capacitado faz toda a diferença, pois ele é capaz de formar um campo neutro, sem atribuir qualquer tipo de julgamento para fazer uma análise profissional da saúde mental do paciente.

O tratamento psicológico é um grande aliado, pois, além dos esclarecimentos sobre as questões da vida, a terapia auxilia no autoconhecimento, tanto de problemas que geram tristezas como também na melhoria da confiança pessoal. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 23% dos brasileiros possuem ansiedade e 5% possuem depressão.

Infelizmente, hoje, a falta falta de informação agrava casos de transtornos psíquicos. Por esse motivo, a informação é tão importante ao familiar e ao paciente.

Existem diversos tipos de psicoterapias, sendo que cada uma possui particularidades próprias. Antes de iniciar qualquer psicoterapia, pesquise a experiência do psicólogo e se a clínica atende aos requisitos legais para funcionamento. Na Clínica Liberty você encontra profissionalismo, pois temos mais de 40 anos de experiência com médicos e psicólogos experientes.

Quando devo fazer psicoterapia?

 O momento ideal precisa ser avaliado por um médico. Realizar psicoterapia é ter a devida visão e força para buscar a resolução problemas internos, que você, melhor do que qualquer um, pode fazer.

Hoje em dia existem canais acessíveis para quem busca tratamento psicológico. A psicoterapia online, por exemplo,  torna mais acessível o contato com profissionais da área para tirar dúvidas sobre tipo de tratamento adequado, como ou quando iniciar o tratamento, orçamentos, quais planos de saúde são aceitos, entre outras questões.

A terapia cognitivo comportamental, todavia, é uma ótima terapia, pois além de analisar distúrbios, volta-se especificamente para o problema atual do paciente. Esse formato de terapia tende a ser mais breve e objetiva.

A terapia em grupo também resulta em pontos positivos. Ouvir problemas enfrentados por outras pessoas, por exemplo, nos faz enxergar a vida de forma mais ponderada e contribui para melhora de diversos problemas emocionais.

A partir do momento em que os problemas são identificados, o especialista pode conduzi-lo ao tratamento correto. A indicação ao tratamento é feita após a análise do psicólogo. Os principais problemas identificados são:

  • Tristeza prolongada e recorrente.
  • Sensação de solidão e angústia.
  • Falta de objetivos na vida.
  • Incapacidade na resolução de problemas, mesmo com a ajuda de familiares e amigos.
  • Mudança brusca nas atividades diárias, como deixar de ir trabalhar ou atividades de higiene diária.
  • Aumento ou diminuição brusca da alimentação.
  • Falta de concentração no trabalho e estudos.
  • Preocupação excessiva com tudo e com todos.
  • Pensamentos negativos diários.
  • Ações destrutivas para consigo e perante outros.
  • Sensação constante de vazio ou apertos no peito.
  • Alterações de sono, como insônia ou aumento de horas de sono sem um motivo aparente.

Qual a importância da psicoterapia?

Não entender a causa de traumas e tristezas pode piorar o quadro do paciente. Dessa forma, um dos pontos importantes da Clínica Liberty é o tratamento de causas de determinados transtornos no paciente. Assim, impedimos que determinados traumas de infância e graves problemas não resolvidos possam ser refletidos na vida adulta e se estender por longos períodos.

O tratamento psicológico busca justamente a identificação de problemas mascarados que se refletem por anos na vida de alguns pacientes. Dessa forma, ao identificar tais transtornos e traumas, o psicólogo trata de forma contínua até o paciente com a ajuda profissional resolver distúrbios emocionais. Em seguida, ao colocar para fora e exteriorizar o problema, faz com que o paciente consiga superá-los.A comunicação é um quesito muito importante neste processo. 

Outra problemática desse contexto é a ansiedade. Além das questões  passadas, os traumas ou problemas atuais também necessitam de ajuda, caso a pessoa não se sinta confortável ou desenvolva certos transtornos, como, por exemplo, términos de relacionamento, ciúme, insegurança, sobrecarga profissional, depressão pós-parto, insegurança, timidez, medos e fobias etc. 

O mundo cada vez mais competitivo e desafiador, gera estudantes e profissionais ansiosos e depressivos.  De fato, tais níveis de estresse podem ser até comparados com sintomas de infarto: dores no peito e acelerações no coração causam sintomas atípicos que podem facilmente serem confundidos.

Outro ponto é que a terapia tem mais probabilidade de dar resultados positivos se o paciente estiver  aberto para receber tal ajuda. O tratamento exige esforço e vontade do paciente para que se tenha resultados benéficos. O correto é ter consciência para buscar ajuda e vontade de ser ajudado.

Preconceitos sobre a psicoterapia

Ainda hoje, algumas pessoas, possuem certos preconceitos sobre terapia. Entender a hora certa de buscar ajuda psicológica é o melhor a ser feito. Além disso, a cultura da felicidade constante só auxilia para o aumento de doenças psiquiátricas e transtornos mentais que causam sofrimento e levam pessoas à ações extremas que poderiam ser evitadas com tratamento inicial.

A duração do tratamento varia para cada caso, pois depende do problema e transtorno mental a ser tratado. Algumas pessoas respondem mais rapidamente ao tratamento, outras não. Por outro lado, um fator que interfere no tempo, além do distúrbio, é a confiança que o paciente deposita no psicólogo. Quanto maior for a confiança, mais respostas positivas o tratamento terá.

Você não precisa realizar psicoterapia somente quando estiver passando algum tipo de transtorno, mas também para sentir-se mais auto-confiante e seguro de si. A saber, o usual é o psicólogo indicar que o paciente retorne um prazo após o término do tratamento. Esse retorno é justamente para analisar se a abordagem e soluções discutidas em terapia estão sendo executadas e como anda a saúde do paciente.

Qual a importância da terapia para dependentes químicos? 

No caso de tratamento de dependentes químicos, por exemplo, busca-se a conscientização do paciente para alterações em seu estilo de vida. Na clínica Liberty realizamos esta abordagem, trazendo o paciente de volta a si e à realidade, o que, de fato, o fará alcançar as mudanças necessárias em seu caminho.

Nossos profissionais capacitados oferecem o tratamento ideal, sendo sessões de psicoterapias individuais ou em grupos que conduz o paciente ao progresso, principalmente na fase de abstinência. A Clínica Liberty possui diversos casos de sucesso, pois nossa abordagem abrange desde o paciente até sua família, que também é impactada.

O paciente precisa de seus familiares para um tratamento de sucesso. Além disso, é importante desde a análise do comportamento e características psicológicas do paciente, até o transcorrer do tratamento, pois essa abordagem de confiança e transparência facilita tudo, seja qual for o distúrbio a ser tratado.

Acredita que precisa de ajuda psicológica? Leia nosso artigo e entenda quando deve procurar uma psicólogo

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não irá aparecer