Clínica de reabilitação e tratamento de dependência química

Clínica de reabilitação e tratamento de dependência química

 

Saiba como funciona o tratamento em uma clínica de reabilitação para que o dependente químico se abstenha ao consumo de drogas.

O período de abstinência de drogas pode ser conturbado para muitas pessoas. Afinal, os sintomas podem ser desagradáveis, o que aumentam as chances de recaída.

Então, para evitar que isso aconteça, uma clínica de reabilitação é uma excelente alternativa de tratamento para o dependente químico.

Sendo assim, preparamos esse post sobre como funciona todo o processo de internação e a importância de optar por uma clínica de confiança, pois, contar com o apoio necessário para tratar a dependência das drogas é fundamental.

Como é o funcionamento de uma clínica de reabilitação? 

Antes de mais nada, vale ressaltar que cada paciente que é internado em uma clínica de reabilitação, tal como a Liberty, recebe tratamento único e especial.

Isso porque todos eles são analisados individualmente e de forma humanizada, permitindo assim, um melhor direcionamento para o controle efetivo da dependência química.  

Desse modo, vários fatores são levados em consideração na hora da internação, como o tempo de uso de drogas, idade, objetivos e condição clínica de cada paciente.

Além disso, os principais procedimentos realizados em uma clínica de recuperação são a psicoterapia, uso de medicamentos e atividades terapêuticas. 

Tipos de internação

Na Clínica Liberty, os pacientes contam com três tipos de internação, para controlar a dependência das drogas. São elas:

1. Internação compulsória:

Esse tipo de internação é expedida por um juiz e não precisa de autorização da família do dependente químico. Sendo assim, a solicitação de internação em uma clínica de reabilitação é feita por um médico, depois do diagnóstico do paciente. Por isso, é mais indicada quando o indivíduo não tem condições de gerir sua própria vida por causa do consumo excessivo de drogas. 

2. Internação voluntária:

Nesse caso, a internação acontece por vontade do próprio paciente, que procura uma clínica de reabilitação de sua preferência. Portanto, a única exigência é que, mesmo sendo uma internação voluntária, se faz necessário o acompanhamento de um familiar de primeiro grau do paciente, enquanto o mesmo estiver internado. 

3. Internação involuntária:

Por fim, a internação involuntária acontece sem o consentimento do dependente químico. A solicitação pode ser feita por parentes de primeiro grau e deverá ser analisada por um médico psiquiatra. Logo, é o tipo de internação indicada quando a pessoa já se encontra em um nível crítico de demência, que deve ser tratado o mais depressa possível.  

O que o dependente químico faz no dia a dia durante a internação? 

Em uma clínica de reabilitação, os horários das refeições e das atividades diárias são previamente estabelecidos. Os pacientes têm hora para tomar o café da manhã, almoçar e jantar.

Durante o dia, são realizadas atividades terapêuticas para promover seu autoconhecimento e autodesenvolvimento, o que ajuda em sua recuperação.

Sendo assim, palestras, vídeos educativos, grupos de leitura, dinâmicas e tudo mais que possa agregar valor a rotina dos pacientes que estão tentando controlar a dependência das drogas. Além disso, é importante mencionar a alimentação balanceada e a prática esportiva.

Corpo são, mente sã!  

Como é realizado o tratamento? 

Na Clínica Liberty, os pacientes encontram duas modalidades de tratamentos, que são:

Internação Integral:

É indicada quando o paciente se encontra com um alto nível de intoxicação por drogas ou álcool, não está conseguindo enfrentar a abstinência e está causando conflitos dentro da família, oferecendo riscos para a própria vida ou de outros membros. Nesse caso, ele permanece internado 24 horas por dia dentro da clínica de reabilitação.

Tratamento Ambulatorial:

Indicado para casos em que o paciente deseja parar definitivamente com o uso de drogas, mas precisa de apoio para voltar a ter uma vida normal. Para manter a abstinência, são realizadas na clínica sessões individuais de uma a duas vezes por semana e com toda assistência da equipe responsável.

É indicado para pacientes que passaram pela internação integral, conseguiram a desintoxicação e precisam começar as sessões terapêuticas com objetivo de parar o uso de drogas. 

Quando a internação em uma clínica de reabilitação se faz necessária? 

A internação em um clínica de reabilitação se faz necessária quando uma pessoa que faz o uso de substâncias químicas de forma constante, deseja interromper a dependência química e precisa de um auxílio para que isso aconteça. 

Outro fator determinante para a realizar uma internação é quando a pessoa está em um estado de demência bastante avançado ou causando conflitos familiares e colocando a vida de outras pessoas em risco, por causa do consumo excessivo de drogas.

Contar com uma boa infraestrutura e equipe multidisciplinar é essencial

Uma moderna clínica de reabilitação, como a Liberty, deve oferecer excelente infraestrutura para seus pacientes e ampla assistência de uma equipe profissional experiente e capacitada. Na Clínica Liberty, todos os pacientes contam com instalações extremamente confortáveis, limpas e modernas. 

Nossa clínica conta com plantão 24 horas de profissionais como psicólogos e psiquiatras, que vão ajudar o paciente durante a abstinência de drogas. Além disso, realizamos consultas para todo tipo de tratamento de dependência de drogas, álcool ou transtornos mentais, em pessoas de quaisquer idades.  

Clínica de reabilitação: atividades terapêuticas ajudam bastante

Na Clínica Liberty, nossos pacientes encontram tratamento especial. Um dos nossos diferenciais são as atividades terapêuticas, que ajudam e muito em casos de abstinência de drogas ou álcool. São realizados diversos tipos de atividades com os pacientes, com o objetivo de mostrar os malefícios que as drogas causam ao organismo. 

Em nossa clínica de reabilitação, as atividades realizadas trabalham tanto a parte física quanto a mental dos dependentes químicos. Isso é fundamental para que eles tenham a percepção dos males que as drogas ou o consumo excessivo de álcool podem fazer à saúde. Mostramos na prática como a vida pode ser muito mais prazerosa sem as drogas. 

Conclusão

O tratamento da dependência química pode ser difícil para muitas pessoas. Mas, o apoio da família e o auxílio de uma clínica de reabilitação, pode ajudar em todo o processo. Na Clínica Liberty, nossos pacientes contam com tudo que precisam para controlar a dependência das drogas. Solicite atendimento agora mesmo. 

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não irá aparecer