Alcoólatra. Como identificar comportamentos da doença?

Alcoólatra. Como identificar comportamentos da doença?

O consumo de bebida alcoólica faz parte da cultura brasileira. Por isso, é difícil reconhecer um alcoólatra ou perceber que está passando por esse tipo de problema. 

Mas, abusar da bebida alcoólica pode trazer diversos problemas para a saúde física e mental do alcoólico. A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica o alcoolismo como uma doença psiquiátrica. Sendo assim, ainda que o problema envolva fatores fisiológicos, a dependência do álcool é psíquica, na maioria dos casos. 

Então, nesse texto, vamos explicar como identificar comportamentos de dependência que caracterizam um indivíduo alcoólatra. 

Quando uma pessoa é considerada alcoólatra?

O alcoolismo é conhecido como o excesso e consumo constante de bebidas alcoólicas. Por isso, esse uso exacerbado causa a dependência física e psíquica. Sendo assim, quando o alcoólico fica algum tempo sem beber, começa a sentir desconfortos, conhecidos como abstinência.

Dessa forma, o indivíduo vai criando tolerância ao álcool. Por isso, ele precisa consumir a substância em quantidades maiores para sentir o mesmo efeito que sentia no início do uso. 

Características comuns em uma pessoa alcoólatra são alterações de comportamento, pressão alta, arritmia, perda de memória, lentidão nos sentidos, perda da noção de espaço e tempo, crise epiléptica, acidentes de carro e casos de violência. 

Além disso, podem ocorrer perdas nos relacionamentos do indivíduo, como no âmbito familiar, profissional, social, acadêmico e outros.

Quais são os sintomas do alcoolismo?

Consumir bebidas alcoólicas de maneira constante pode causar:

  • Alteração das funções do fígado
  • Problemas no sistema digestivo
  • Complicações no coração
  • Problemas na circulação sanguínea
  • Falta ou prejuízo da coordenação motora
  • Doenças físicas e psíquicas irreversíveis

Dessa forma, se o alcoolismo ou os problemas de saúde não forem tratados corretamente, podem levar a morte. 

Nesses casos, as doenças mais comuns são cirrose, demência, alucinações, delirium, distúrbios de comportamento, sono em excesso, entre outras. 

Quais são os tipos de alcoólatra? 

Tipo 1 – Alcoólatra Alpha

Esse tipo de alcoólico faz uso exagerado do álcool por consequência de transtornos psicológicos graves, como depressão ou ansiedade

Tipo 2 – Alcoolismo Beta

São os casos onde não há dependência da bebida alcoólica. Geralmente, o tipo dois corresponde a pessoas que gostam de frequentar bares ou são donas desse modelo de comércio. 

Tipo 3 – Alcoolismo Gama

Pessoas inseridas nesses grupos conseguem ficar sem consumir bebidas alcoólicas por muito tempo. Mas, quando bebem novamente, excedem na quantidade. 

Dessa forma, esse período em que a pessoa consegue ficar sem fazer o uso da substância vai diminuindo cada vez mais. 

Tipo 4 – Alcoolismo Delta 

É comum perceber que alcoólatras do tipo 4 nunca estão realmente bêbados. Isso acontece por que essas pessoas consomem pequenas porções de álcool várias vezes ao dia. 

Tipo 5 – Alcoolismo Épsilon 

Esse grupo consome álcool com frequência, mas só se sentem satisfeitos quando perdem totalmente o controle, causando até mesmo a inconsciência. 

Assim, diferente do alcoolismo gama, que está constantemente em contato com a bebida, esse tipo de alcoólatra está constantemente sóbrio.

No próximo texto, iremos falar sobre as causas, sintomas diagnóstico e tratamento do alcoolismo. Acompanhe o blog da Clínica Liberty para ter acesso a esses e outros conteúdos sobre o tema. 

Estamos online para lhe ajudar. Solicite atendimento!

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não irá aparecer